sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Prefeitura de Buíque empossará concursados na próxima segunda (20)


Na manhã desta sexta (17), a Prefeitura de Buíque por meio da Secretaria de Governo, convoca oficialmente os aprovados para as vagas existentes atualmente no município para o Concurso Buíque 2016. Os mais de 200 servidores concursados passarão a integrar o Poder Executivo Municipal nessa primeira etapa a partir da próxima terça-feira (21). Já na segunda-feira (20), os novatos serão empossados na escola Engenheiro KLaysson, a partir das 9h.
A Prefeitura de Buíque está concluindo um amplo estudo de reestruturação administrativa, após o recadastramento realizado. Tudo isso, foi necessário para que o município alcance os melhores resultados. Na ocasião, serão chamados concursados de várias áreas, de acordo com as normas do edital, respeitando as classificações e de acordo com o interesse público.
Na Saúde já foram convocados vários profissionais, como médicos e enfermeiros. Agora, seguindo as necessidades do município os servidores ocuparão cargos nas localizações onde existem as vagas. 

Confira a lista com os nomes dos convocados no certame público municipal:
AGENTE ADMINISTRATIVO
CLASS. NOME:
1º- WILLIAN PEREIRA RODRIGUES;
2º- PEDRO JOSÉ LEITE MACIEL;
3º- JOÃO PEREIRA DOS SANTOS NETO;
4º- JOÃO ARCOVERDE CAVALCANTI NETO;
5º- ADSON JOSÉ DA SILVA FERREIRA;
6º- JULIANY ANDRADE DOS ANJOS;
7º- LAYS SORELLE CANDIDO BEZERRA ;
8º-JOSÉ ALEX SIQUEIRA DA SILVA;
9º- FLÁVIO VINÍCIUS PEREIRA CAVALCANTI;
10- KELVIN HERIQUES VIEIRA DOS SANTOS;
11º-ETAGIL RODRIGUES DE ALBUQUERQUE
PORTADOR DE DEFICIÊNCIA – PCD:
1º DAIANE BESERRA IRMÃ
AGENTE DE SERVIÇOS GERAIS
CLASS, NOME:
1º - MAURICIO JOSÉ DA SILVA;
2º – LARISSA OLIVEIRA SERAFIM;
3º – MICAÉLEN SILVA DOS SANTOS;
4º – RENATTA FERNANDA TORRES DE CASTRO;
5º - EMISON FAGNO CADETE;
6º – TATIANA GONDIM DE ARAUJO CALADO;
7º – MARIA JOSÉ ALVES DE MELO;
8º – AMANDA ALVES DA SILVA;
9º – ANA PAULA ROSENDO DA SILVA;
10º - MARIA CELESTE MAGALHÃES ARCOVERDE;
11º - MARIA JÉSSICA BESERRA DE LIRA;
12º - SEBASTIANA QUITÉRIA VIEIRA;
13º - ARANDUY FELIPE SANTANA DA SILVA;
14º - JOSEILDA BEZERRA DA SILVA;
15º - JOSEANE RIBEIRO DO NASCIMENTO;
16º - GILIANE SOCORRO LUZ ALMEIDA;
17º - CRISTIANE DE SOUZA CAVALCANTE;
18º - ELLYS AYLA ALVES BARBOSA;
19º - KARLLA MICHELLY DA SILVA NASCIMENTO;
20º - WANDERLEY FERRAZ LEANDRO;
21º - TIAGO BEZERRA DOS SANTOS;
22º - JUCELIO DE OLIVEIRA MARQUES;
23º - MICHELY VILELA BARBOSA;
24º- CÍCERO HENRIQUE DE SÁ FERREIRA LEITE;
25º- IVANETE DE MOURA LIMA;
26 - BRUNO HENRIQUE TERTO PEREIRA;
27º- MARIA APARECIDA PEREIRA DE SÁ;
28º- MARIA CRISTINA DA SILVA;
29º- PAULO EDUARDO MACIEL FERREIRA;
30º- ANDREA RODRIGUES DE MOURA;
31º-JESSIKA MIRELLY FARIAS DA SILVA;
32º- JOCIEL VIEIRA BARBOSA;
33º- TAYSLAINE MAGALHÃES DE MOURA;
34º- GENISON SILVA ARAÚJO;;
35º- MARCELO JOSÉ DE LIMA SILVA;
36º- JOSE NATANNAEL MOREIRA DE ARAUJO;
37º- CLAUDIA MIRIAM FEITOSA;
38º- MARIA DE FATIMA SERAFIM DO NASCIMENTO SILVA;
39º- ANTONIO CARLOS SANTOS DA SILVA;
40º- MARCIA FEITOZA CALADO;
41º- LEONARDO CAVALCANTI DE MELO;
42º- YVES ANJOS DOS SANTOS;
43º- ATENIENSE MELO RODRIGUES;
44º- ELDA BARRETO FERREIRA FEITOZA;
45º - DIEGO MARQUES DE MELO;
PORTADOR DE DEFICIÊNCIA - PCD:
1º - ROSILDA RAMOS SAMPAIO
MOTORISTAS
CLASS, NOME:
1º- RODRIGO MARTINS DOS REIS
2º- ERICK EMANUEL VIANA DE SOUZA;
3º- ADELSON FERREIRA DE SOUZA FILHO;
4º- MANOEL CORREIA AVELINO;
5º-RUAN RODRIGO SOARES DE SIQUEIRA;
6º-BENTO PEREIRA DOS SANTOS FILHO;
7º-HILDO RAGNER PIMENTEL;
8º-JOSE LUCIERRE VITORINO;
9º-ROGÉRIO MOREIRA RAMOS.
PORTADOR DE DFICIÊNCIA – PCD:
1º -JOSE AUGUSTO LACERDA DA SILVA
ODONTÓLOGO:
1º KATIA REJANE SANTOS PADILHA
2º ANA PAULA NOBRE DE MEDEIROS SANTO
GUARDA MUNICIPAL
CLASS, NOME:
1º-LUIZ GUSTAVO SILVA;
2º-FERNANDO FLÁVIO SOUZA VAZ;
3º-FILIPE BESERRA MOREIRA AVELINO;
4º-ANA KATARINA CAMPOS DE ALMEIDA;
5º-KELVY LUCIANO FIRMINO DOS SANTOS;
6º-DANIEL FERREIRA DA SILVA;
7º-JAILSON MAXIMO DE MACEDO;
8º-RODRIGO BARBOSA DE MORAIS;
9º-ERONALDO ALVES DA SILVA;
10º- JOÃO PAULO DE BARROS PEREIRA;
11º- JÁCIO DE OLIVEIRA SILVA;
12º- LEONARDO DOS SANTOS SILVA;
13º TELLUS VICTOR CAMPELLO DE CARVALHO NEIVA;
14º-TIAGO SILVESTRE DA SILVA;
15º- IRANCARLOS DE MATOS BEZERRA;
16º- ELIELSON LEANDRO DE LIMA
17º FÁBIO DE OLIVEIRA LIRA
18 º JORGE CRISTIANO LEITE
19º NÚBIA RAPHAELLA CAMPOS CAVALCANTI
20 – CAUBY DE ALMEIDA SANTOS
MONITOR DE CRECHE:
1º MAYANNE DOMINGOS CAVALCANTE RAMOS
2º GLÓRIA MARIA DE BARROS PEREIRA
3º IZABEL ALVES BARBOZA
4º TALYTA ARAÚJO SOUZA
5º LIVIA FEITOSA OLIVEIRA DE SOUSA
6º RAFAELLA FABIANNA S DE LIMA
PORTADOR DE DEFICIÊNCIA - PCD:
1º ALBANI CORDEIRO DE MORAIS
AGENTE DE ENDEMIAS
CLASS, NOME:
1º JOSÉ FELLIPE XAVIER SALES;
2º SHEILA DANIELA JOSEFA DE ANDRADE;
3º EDSON AUGUSTO DE MACÊDO SOARES;
4º DÉBORA RAFAELA MENESES DE CALDAS;
5º JOANA DARC DA SILVA;
6º JOSE WESLEY DE MELO SILVA;
7º CHARLEY TENÓRIO FELIX MARINHO;
8º FLAVIO JOSE MELO DA SILVA;
9º EDILEUSA MARIA DE LIMA;
10º GERNIVAL BRAZ DE MACEDO FILHO;
11º CHARLLEY DE FREITAS SILVA;
12º ERISVANIA MARINHO DE ESPINDOLA;
13º JOELITA LOYCE ALVES TAVARES;
14º GLÓRIA MARIA DE BARROS PEREIRA.
PORTADOR DE DEICIÊNCIA – PCD:
1º - CHRISTIANO TALES DOS SANTOS
AGENTE DE MERENDA E ZELADORIA ESCOLAR:
1º SARAH EMANNUELA CAMPOS;
2º MARIA FLÁVIA LIMA FERREIRA DE SIQUEIRA;
3º FABIO ASSIS FIGUEIREDO
4º ELISÂNGELA CABRAL DE MELO BRITO;
5º ANA PAULA BEZERRA DA SILVA;
6º ÁDILLA ROSANA MATOS DE LIMA;
7º IZABEL ALVES BARBOZA;
8º IRANEIDE FERREIRA DA SILVA;
9º KARLLOS MATHEUS GONÇALVES DE CAMPOS;
10º JULIANA DA SILVA NASCIMENTO;
11º CINTHIA RAPHAELLA TORRES DE ANDRADE;
12º MARCELA SANTIAGO NUNES;
13º RENATA BEZERRA DA SILVA;
14º ANA CRISTIMA FERREIRA ALVES DE ARAÚJO;
15º ELIANE GOMES RAMOS;
16º ELLEN PRISCILA BATISTA DA SILVA;
17º ROSEANE CAETANO DA SILVA;
18º MARISTELA TALITHA FERREIRA DOS SANTOS;
19º KATHARINA CARVALHO COSTA;
20º LOUISE JUSSAN DE BARROS BESERRA DE ALBUQUERQUE;
21º VIVIANE GONÇALVES DA SILVA LOPES ALVES;
22º ANDERSON BARBOSA MODESTO;
23º DALILA TALITA ALVES RIBEIRO;
24º RAQUEL PEREIRA SILVA;
25º JOSÉ RAFAEL NUNES DE MELLO;
26º MEIRELLE KAREN DE MOURA ALMEIDA;
27º REJANEIDE DA SILVA;
28º JOSEANE NOGUEIRA DE OLIVEIRA SANTOS;
29º THIAGO LITIBASQUE DE FRANÇA PADILHA;
30º EDIANE BARROS E SILVA;
31º MILENE MALTA SILVA;
32º LUCIARA DE LIMA TENORIO;
33º CRYSLLANNY DE SOUZA MACIEL E SILVA;
34º MARIA ALESSA PEREIRA NEVES;
35º CLÁUDIO DE SOUZA CAVALCANTI;
36º ÍTALO JOFFRE MATOS DE LIMA;
37º NAIZY SOUZA DE OLIVEIRA;
38º JESSICA CAROLINE DE ALMEIDA SANTOS;
39º JOYCE THAIS SANTOS DIAS;
40º KÁSSIA KARELLY CAVALCANTI PIMENTEL;
41º JOSÉ FERNANDES CIRIACO;
42º JAMILLY ALVES DE OLIVEIRA;
43º KELLY ANNE GOMES DE BARROS;
PORTADOR DE DEFICIENCIA – PCD:
1º MARIA DE LOURDE OLIVEIRA BA
PROFESSOR - ENSINO FUNDAMENTAL I (1º A 5º ANO):
1º ANGÉLICA SUELLE FRANÇA DE ANDRADE MONTEIRO
2º VERA LÚCIA MARIA CAVALCANTI MACIEL MODESTO
3º AILSON TENÓRIO CAVALCANTI JÚNIOR
4º GILDÂNIA MARTINS DA SILVA
5º FERNANDA MACÁRIO GALVÃO
6º MARIA IZABEL LOPES DE MÉLO
7º JOSELANIA MAURA DE LIMA SILVA ALVES
8º ALLINE CAVALCANTI PEREIRA DE SOUSA
9º ANTONIO CARLOS BRAZ DOS SANTOS
10º EMANUELLE SILVA VIEIRA
11º YANE DARLEY TENÓRIO DE ALMEIDA CARVALHO
12º VERA LUCIA FERREIRA DA SILVA
13º JOSÉ JÚNIOR ALVES DOS SANTOS
14º KLEYTON ADRIANO SILVA
15º HELENA CÍCERA QUEIROZ
16º DAYANE CAVALCANTE FRANÇA
17° EVELINE PRISCILA DE CARVALHO SILVA
18º AGNES SYLVANIA CHAVES DE SOUZA
19º MARIA CECÍLIA FRAGA TENÓRIO
20º ALEXSANDRO ARAÚJO DA SILVA
21º JOSELI SANTOS BEZERRA DA COSTA
22º MARCIANO DE CARVALHO BATISTA
23º MARIA DO SOCORRO MATOS DOS SANTOS CARVALHO
24º ALEXANDRA LEITE MARTINS
25º RENATA INOJOSA ALVES
26º NELCIANE GOMES DA COSTA
27º JUCILMARA EURIDES LIMA FREITAS SILVA
28º DUANA BEZERRA DELGADO
29º ISANARA DE BARROS PAES ARAÚJO
30º CHARLIEL LIMA COUTO
31º DAYSE INES SOARES DA SILVA CAVALCANTE
32º ALAN ARAÚJO DOS SANTO
33º CLÁUDIA MARIA DINIZ DE CASTRO
34º ANA CONCEIÇÃO TENÓRIO DE SOUZA
35º SHELLYAN BEZERRA GALINDO
36º NAIKA HELENA ALVES VIEIRA
37º MABEL CRISTINA DO AMORIM SANTOS
38ª JOSÉ DIÊGO LEITE SANTANA
39º SANDRA LÚCIA RAMOS BARBOSA
40º ELAINE MARIA DA SILVA
41º MARIA QUERLIANA FERREIRA DOS SANTOS
42º MANOEL DOS SANTOS
43º ANA PAULA CÂNDIDO LISBOA
44°ELDA BARROS BARRETO
45º JANAINA RIBEIRO ARAÚJO
46º TÂNIA REJANE LOPES DOS SANTOS
47º EDINALDA MONTEIRO FERREIRA
PORTADOR DE DEFICIÊNCIA - PSD:
1º RENIVALDO DA SILVA AGUIAR
PROFESSOR - EDUCAÇÃO INFANTIL (PRÉ-ESCOLA):
1º MARIA IOLANDA BARBOSA DOS SANTOS
2º MARIA DO SOCORRO RAMOS DE FRANÇA
3º CRISLANE MARIA DA SILVA
4º SELMA DOS SANTOS
5º CLAUDYLANE EDJA DE ASSIS
6º LUCIANA GALINDO PAES DE LIRA
TÉCINICO DE ENFERMAGEM:
1º JACIANE ERISSA LEITE DA SILVA
2º RODRIGO SANTOS DA SILVA
3º DÉBORA CORDEIRO DE LIMA
4º MARCOS VALERIO GOMES DOS SANTOS
5º ALINE BEZERRA SOBRINHO
PORTADOR DE DEFICIÊNCIA – PCD:
1º RENILSON FERREIRA CAMPOS
TÉCNICO EM ENFERMAGEM – PSF:
1º MARCIA FERREIRA DA SILKVA
2º ANDRESSA MARIA ALVES ANSCIMENTO
3º CINTIA POLIANA DA SILVA LIMA
4º DANIELA PATRICAI DA SILVA SANTOS
5º LAUDILINA APARECIDA DOS SANTOS LIMA
6º SEVERINO AVELINO DA SILVA
7º EMANUELLY CRISTINNY DA SILVA SNATOS
8º TACIANE DOS SANTOS GALDINO
9º KÁTIA BARBOSA AVELINO DE PAULA
10º ADRIANA AZEVEDO CAVALCANTI
11º MARIA JAILMA DA SILVA BRASILEIRO
12º SIMONE DIAS DA SILVA
13º GENILDO MOREIRA LEAL JÚNIOR
14º ANNY HELENA BESERRA DE FREITAS
15º JOSEANE APARECIDA SOARES PEREIRA
FARMACÉUTICO:
1º HILARIO BEZERRA MONTEIRO
MÉDICO VETERINÁRIO:
1º PAULO MATIAS DA SILVA FILHO
NUTRICIONISTA:
1º AMANDA DE MENESES OLIVEIRA
PSICOLOGA:
1º MARÍLIA DA CONCEIÇÃO DE FRANÇA CAVALCANTI
EDUCADOR FÍSICO – NASF:
1º IARA APARECIDA ESPINDOLA DE FREITAS
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA:
1º ISLAYNNY SHEYLLA ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA DOS REIS
2º PAULO JEFFERSON PONTES DE CASTRO
PROFESSOR DE INGLÊS:
1º MAYKON FERNANDO DA SILVA ALMEIDA
ARQUITETO:
1º MAYLA MAGNE FRAGA DE ALMEIDA

Fonte das Informações: https://www.facebook.com/Prefeitura-de-Buique=page

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Atividades lúdicas ensinam cuidados com a saúde na terceira idade


O programa Vida Plena da LBV, voltado para idosos em situação de vulnerabilidade social do Recife, iniciou suas atividades do mês de fevereiro com diversas dinâmicas e ações educativas com foco para a saúde na terceira idade.

Temas como saúde bucal, higiene pessoal e bem estar foram abordados de forma lúdica com os participantes. Alunos da Escola Técnica de Enfermagem Irmã Dulce - EID, participaram das atividades e por meio do teatro orientaram os idosos.

Maria José Alves, 65 anos, destacou sua felicidade em participar do programa e ressaltou que a cada dia aprende mais. “Eu adoro vim para os encontros da LBV. Cada vez que venho saio melhor, com mais sabedoria. Aqui é muito bom e a gente aprende que nem sente”, disse.

“É de suma importância que temas como esses sejam trabalhados com os idosos, pois apesar de já serem adultos, cuidados importantes com a higiene, por exemplo, acabam passando despercebidos por eles no dia-a-dia”, destacou Andréa Santana, educadora social da Instituição.

Em Recife, o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade está localizado na Rua dos Coelhos, 219 — Boa Vista. Para outras informações, ligue: (81) 3413-8600.


Fonte das informações: Vânia Besse e Bruna Gonçalves
Assessoria de Comunicação e Relacionamento Institucional da LBV. - Via Email

Confira o calendário para saque das contas inativas do FGTS


Os saques das contas inativas do FGTS começam no dia 10 de março e vão até o dia 31 de julho. O cronograma de liberação depende da data de nascimento do trabalhador. Assim, quem nasceu nos meses de janeiro e fevereiro, pode sacar os recursos a partir de 10 de março, por exemplo. As datas do calendário correspondem ao primeiro dia permitido para o saque. O dinheiro, porém, estará disponível para todos os trabalhadores elegíveis até 31 de julho deste ano.
Confira o calendário para saque:
A PARTIR DE 10 DE MARÇO – trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro
A PARTIR DE 10 DE ABRIL – trabalhadores nascidos em março, abril e maio
A PARTIR DE 12 DE MAIO – trabalhadores nascidos em junho, julho e agosto
A PARTIR DE 16 DE JUNHO – trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro
A PARTIR DE 14 DE JULHO – trabalhadores nascidos em dezembro
Para atender os trabalhadores que querem sacar os recursos das contas inativas do FGTS, 1.891 agências da Caixa Econômica Federal funcionarão um sábado por mês, das 9h às 15h, em todo o Brasil.
Segundo a Caixa, a medida engloba 49,6 milhões de contas – com saldo de R$ 43,6 bilhões -, o que vai beneficiar 30,2 milhões de trabalhadores. A previsão é que a medida injete mais de R$ 30 bilhões na economia brasileira.
Há um site exclusivo da Caixa para facilitar o atendimento ao trabalhador. Segundo a Caixa, é possível visualizar as contas inativas, o valor que tem a receber, a data do saque e os canais disponíveis para realização do pagamento.
Fonte: G1 - Via http://www.leianoticias.com.br

Bandidos explodem carro-forte e levam R$ 1,5 milhão na BR-232


Um carro-forte foi explodido nesta terça-feira (14), por volta das 14h20, na BR-232 a 100 metros da entrada do município de Terra Nova, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi levado do carro-forte em torno de R$1,5 milhão. O dinheiro saiu do Banco do Brasil de Araripina e seguia com destino ao município de Salgueiro, também no Sertão pernambucano. 
Ainda segundo a polícia, dois carros e de três a quatro motos interceptaram uma carreta, impedindo a passagem do carro-forte pela pista. Os assaltantes estavam fortemente armados com fuzis e atiraram contra o veículo. Os vigilantes desceram do carro-forte e fugiram pela caatinga. Ninguém ficou ferido.
Os bandidos usaram dinamite para explodir o veículo e conseguiram levar cerca de 1,5 milhão. Ninguém foi preso.
A PRF foi acionada e o carro-forte foi retirado da pista. O trânsito no local já foi liberado.
No dia 19 de janeiro, bandidos levaram mais de R$1 milhão após assalto a carro-forte na BR-232, próximo ao povoado de Guarani, Zona Rural de Terra Nova.
Fonte: G1 - Via http://www.leianoticias.com.br

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Agricultores de quatro cidades do interior vão receber o Garantia-Safra

Pagamentos serão realizados seguindo calendário dos benefícios sociais.
Recebem o abono agricultores de Buíque, Pedra, Poção e Lagoa Grande.



Foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (6) a autorização do pagamento do Programa Garantia-Safra 2015/2016. Agricultores das cidades de BuíquePedra e Poção no Agreste e Lagoa Grande no Sertão, serão beneficiadas em Pernambuco.
De acordo com o texto, os  pagamentos  serão  realizados  a  partir  deste  mês,  nas  mesmas  datas definidas pelo calendário de benefícios sociais da Caixa. O Garantia-Safra é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do governo federal, para agricultores familiares que se encontram em municípios sujeitos à perda de safra devido a fenômenos naturais como a seca.
Na safra 2015/2016, a contribuição do agricultor foi de 2% do valor do benefício (R$ 17), o município paga 6% (R$ 51 por agricultor); o Estado contribui com 12% do valor ao Fundo (R$ 102) e a União paga, no mínimo, 40 % (R$ 340 por agricultor que aderir ao Garantia-Safra).
Serão depositadas cinco parcelas mensais de R$170, através da Caixa ou correspondente bancário, nas mesmas datas do calendário do Bolsa Família. Os agricultores podem fazer o saque do benefício utilizando o Cartão Cidadão ou do Bolsa Família.
Fonte: Do G1 Caruaru

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Senado aprova reforma do ensino médio, que segue para sanção

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (8) a chamada Medida Provisória do Novo Ensino Médio, com segmentação de disciplinas segundo áreas do conhecimento e implementação do ensino integral. Foram 43 votos favoráveis e 13 votos contrários ao Projeto de Lei de Conversão (PLV) 34/2016, proposta originada após alterações promovidas na MPV 746/2016 pela comissão mista e pela Câmara dos Deputados.
Dentre outras alterações, o texto aprovado aumenta a carga horária das atuais 800 horas anuais para 1.000 horas e divide o currículo entre conteúdo comum e assuntos específicos de uma das áreas que o aluno deverá escolher (linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica). A matéria segue agora para sanção presidencial.
O relator da matéria foi o senador Pedro Chaves (PSC-MS). De acordo com o texto aprovado, o currículo do ensino médio será composto pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e por "itinerários formativos" correspondentes às seguintes áreas do conhecimento: linguagem e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e sociais aplicadas; e formação técnica e profissional. Das 568 emendas apresentadas à medida provisória por senadores e deputados, o relator acolheu parcial ou totalmente 148.
Cada sistema de ensino organizará essas áreas e as respectivas competências e habilidades esperadas do aluno segundo seus próprios critérios. Poderá haver uma integração de componentes curriculares da base comum com disciplinas dessas áreas e, após a conclusão de um itinerário formativo, os alunos poderão cursar outro, se houver vaga.
Todas as regras valerão para as redes de ensino público e privado, mas o cronograma de implantação terá de ser elaborado no primeiro ano letivo seguinte à data de publicação da BNCC. A implementação, entretanto, ocorrerá no segundo ano letivo depois da homologação dessa base curricular.
Português e Matemática continuam obrigatórios nos três anos do ensino médio, assegurado, às comunidades indígenas, o ensino de línguas maternas.
O texto reinclui como disciplinas obrigatórias Artes e Educação Física, que tinham sido excluídas pelo texto original da MP. Entre as línguas estrangeiras, o Espanhol não será mais obrigatório, ao contrário do Inglês, que continua obrigatório a partir do sexto ano do ensino fundamental.
Já as disciplinas de Filosofia e Sociologia, que tinham sido excluídas pelo Poder Executivo, passarão a ser obrigatórias apenas na BNCC, assim como Educação Física e Artes.
Quanto aos métodos de ensino, o texto retoma e reformula trecho da Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9.394/1996) para estipular que as redes de ensino organizarão os conteúdos, as metodologias e as formas de avaliação processual e de formação, de maneira que o estudante demonstre domínio dos princípios científicos e tecnológicos da produção moderna e o conhecimento das formas contemporâneas de linguagem.
O texto aprovado pelos senadores estabelece uma transição para o ensino médio em tempo integral. Em cinco anos, a ampliação será das atuais 800 horas anuais para 1.000 horas. Após isso, a meta será de 1.400 mil horas ao ano, mas o texto não estipula prazo. Nos três anos do ensino médio, a carga horária total destinada à BNCC não poderá ser maior que 1.880 horas.
A inclusão de novas disciplinas obrigatórias na base comum dependerá da aprovação do Conselho Nacional de Educação e de homologação do ministro da Educação, mas não precisarão mais ser ouvidos o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional de Dirigentes de Educação (Undime), como estabelece a redação original da medida provisória. A organização do ensino médio poderá ser na forma de módulos ou sistema de créditos com terminologia específica.

Formação técnica

O PLV estabelece que, a critério dos sistemas de ensino, a oferta de formação técnica e profissional considerará a inclusão de práticas de trabalho no setor produtivo ou em ambientes de simulação por meio de parcerias. Também poderão ser concedidos certificados intermediários de qualificação para o trabalho.
Já os certificados de conclusão terão validade nacional e permitirão a continuidade dos estudos em nível superior e em outros cursos para os quais seja exigido o ensino médio. Os professores desse itinerário de formação poderão ser profissionais de notório saber em sua área de atuação ou com experiência profissional atestados por titulação específica ou prática de ensino.

Educação a distância

Os sistemas de ensino médio poderão firmar convênios com instituições de educação a distância. A formação de docentes em nível superior para atuar na educação básica poderá ocorrer na forma de licenciatura plena em qualquer faculdade, e não apenas em universidades ou institutos superiores de educação.
Entretanto, profissionais graduados também poderão dar aula no ensino médio se tiverem feito complementação pedagógica. Também haverá permissão para que o professor lecione em um mesmo estabelecimento por mais de um turno, desde que não ultrapasse a jornada de trabalho semanal.

Período integral

Uma das principais mudanças é a criação da Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, destinado ao setor público.
Para receber recursos da União por meio dessa política, o governo estadual terá de assinar termo de compromisso com identificação e delimitação das ações a serem financiadas; metas quantitativas; cronograma de execução físico-financeira; e previsão de início e fim de execução das ações. Os repasses serão por dez anos.
As transferências obrigatórias dos recursos ocorrerão para as escolas que programarem o tempo integral a partir da publicação da futura lei. A prioridade será para as regiões com menores índices de desenvolvimento humano (IDH) e com resultados mais baixos nos processos nacionais de avaliação do ensino médio (Enem).
As escolas precisarão ter ainda projeto político-pedagógico que obedeça às regras de itinerários formativos. O dinheiro repassado anualmente será com base no número de matrículas do Censo Escolar da Educação Básica, mas dependerá de disponibilidade orçamentária. Nas escolas, os recursos poderão ser usados para pagar a remuneração e o aperfeiçoamento dos profissionais de educação; para compra, reforma e conservação de instalações; para o uso e manutenção de bens e serviços; para atividades-meio e para a compra de material didático e custeio de transporte escolar.
Repasses não utilizados e que tenham ocorrido até o 13º mês anterior ao do novo repasse serão descontados para não haver acúmulo de dinheiro sem uso. Nos estados, o controle social e o acompanhamento do uso correto da ajuda da União caberão aos conselhos estaduais de educação. No âmbito federal, tanto os órgãos de controle interno quanto o Tribunal de Contas da União (TCU) terão acesso à documentação das despesas feitas com esses repasses.
A oferta de ensino noturno regular continuará garantida, levando-se em conta as condições regionais e do educando.

"Arma mais poderosa"

Ao ler seu relatório, o senador Pedro Chaves (PSD-MS) informou que o Brasil tem 1,7 milhão de jovens entre 15 a 17 anos que não estão matriculados no ensino médio. Dos cerca de 8 milhões de alunos que se matriculam anualmente no ensino médio, apenas 1,9 milhão chegam a concluir os estudos, disse. Além disso, acrescentou, 82% dos jovens na idade entre 18 e 24 anos estão fora do ensino superior.
— Não se pode ignorar que, neste exato momento, há jovens dentro de salas de aula precarizadas, ouvindo aulas maçantes e enciclopédicas, sem perspectiva para o futuro. Há ainda muitos outros que nem mesmo matriculados estão, pois precisam trabalhar. Há um terceiro grupo para o qual os horizontes são ainda mais nebulosos, pois não trabalham nem estudam, constituindo a chamada 'geração nem-nem'. Em suma, a mudança no ensino médio precisa começar o mais rápido possível, pois é a partir dela que esboçaremos novos padrões para a plena realização dos potenciais de nossa juventude, fenômeno essencial para o desenvolvimento sustentável do país — afirmou o relator.
Pedro Chaves registrou ainda que a reforma do ensino médio vem sendo debatida no Congresso desde 2012 e que a comissão mista que analisou a MP 746 promoveu nove audiências públicas sobre o tema.
— Hoje, oferecemos ao povo a arma mais poderosa que se pode utilizar no combate à desigualdade, ao preconceito e a falta de oportunidade. Tenho convicção de que a forma mais eficaz de erradicação da pobreza, da diminuição da necessidade de políticas assistencialistas e na formação de um povo politizado e crítico na escolha e cobrança de seus representantes é através do conhecimento. Como sabiamente disse Nelson Mandela, 'a educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo' — concluiu Pedro Chaves.

Regime militar

Já a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) comparou a atual reforma promovida pelo governo Michel Temer com a reforma educacional promovida em 1971 pelo regime da ditadura militar. Segundo a senadora, o governo militar fez a reforma sem debates, impondo a reformulação. Ela registrou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já deu parecer apontando falhas na proposta. Segundo a senadora, Janot argumentou que medida provisória não é o instrumento adequado para implantar mudanças estruturais em políticas públicas.
Também contrárias à MP, as senadoras Ângela Portela (PT-RR) e Regina Sousa (PT-PI) reforçaram as críticas. Para a primeira, o governo não promoveu debates democráticos com professores, alunos, especialistas ou sociedade em geral. Ângela Portela disse que as mudanças prejudicarão a formação geral de qualidade. Disse ainda que o governo não pretende aumentar investimentos em livros didáticos, transporte escolar e merenda. Regina Sousa também afirmou que a proposta foi pouco debatida e que os alunos de escolas públicas terão formação muito inferior aos estudantes do setor privado. Para ela, a reforma do ensino médio aprofundará a precariedade do ensino público.
A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) posicionou-se contrária à aprovação por entender que a proposta foi pouco debatida. E questionou como municípios e estados financiarão escolas em período integral. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) criticou a MP e disse que as mudanças desvalorizam o magistério e precarizam a situação do trabalho do professor, ao prever o fim da aposentadoria especial da categoria. Disse ainda que o governo engana a população, pois aumenta as exigências para a educação, mas retira recursos do setor.
Na visão do senador Humberto Costa (PT-PE), a MP é “absolutamente nefasta”. Ele apontou que um assunto tão complexo como uma reforma do ensino médio deveria ser debatido com mais profundidade, e não por meio de uma MP — que tem um rito mais rápido.

Aptidões

Já Ronaldo Caiado (DEM-GO) e José Agripino (DEM-RN) defenderam a aprovação do PLV com veemência. Caiado disse que milhões de jovens brasileiros não estudam nem trabalham atualmente e muitos sequer conseguem concluir o ensino médio. Caiado lembrou que apenas 18% dos jovens que concluem o ensino médio ingressam em universidades e afirmou que mais de 80% dos brasileiros seriam favoráveis ao Novo Ensino Médio. Agripino acrescentou que a reforma do ensino médio já vinha sendo discutida há mais de 20 anos. Avaliou que os jovens poderão explorar suas aptidões de maneira específica já no ensino médio. Para Agripino, o texto “é um instrumento de modernidade”.
Em seguida, o senador Paulo Bauer (PSDB-SC) disse que a reforma em questão é “absolutamente necessária e oportuna”. Ele afirmou que os estudantes poderão seguir suas vocações e se dedicar aos temas que tenham mais afinidade. Ele só lamentou que o ensino do Espanhol não seja considerado obrigatório.
Por sua vez, a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) disse que a reforma não resolverá todos os problemas do ensino médio, mas que é um avanço. Ela afirmou que o estudo em período integral vai melhorar a qualidade do ensino.
Já a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) observou que as novas tecnologias criaram novas oportunidades, sendo preciso tornar a escola mais interessante aos alunos. A senadora disse que a MP pode contribuir para essa finalidade, ao propiciar uma visão básica de mundo que irá orientar o estudante quanto ao que ele pretende desenvolver na sua vida profissional futura.

Horário integral

Para o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), o posicionamento dos senadores em relação à MPV 746 deveria levar em conta os alunos jovens e os adolescentes — que poderão escolher as disciplinas que querem cursar. Cristovam destacou o horário integral como uma medida positiva, que pode segurar o aluno na escola e evitar que meninos e meninas fiquem na rua. Apesar de elogiar a MPV, o senador cobrou mais iniciativas do governo para o Brasil dar um salto de qualidade na educação.
— Eu vou votar muito contente nesta medida provisória – declarou Cristovam.
Também debateram a proposta os senadores José Aníbal (PSDB-SP), Lídice da Mata (PSB-BA), Lúcia Vânia (PSB-GO), Aloysio Nunes (PSDB-SP), Benedito de Lira (PP-AL), Aécio Neves (PSDB-MG) e outros.
(Com informações da Agência Câmara) - Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado) - Via http://www12.senado.leg.br

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Bancos têm cinco dias para reabrir agências danificadas após assaltos em PE

O governo de Pernambuco instituiu, nesta terça-feira (7), uma medida cautelar contra bancos que ainda não reabriram as agências danificadas durante investidas criminosas no estado. Foram notificados o Banco do Brasil, o Itaú, o Santander, o Bradesco e a Caixa Econômica Federal. Todos eles têm cinco dias seguidos para tomarem providências em relação à reabertura das agências, sob multa diária de R$ 100 mil caso os terminais bancários permaneçam fechados. 
A notificação, emitida pelo Procon/PE e pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, tem o objetivo de acelerar o processo de reabertura dos postos danificados para evitar transtornos à população. De acordo com o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a penalidade às instituições financeiras pode chegar a R$ 7,6 milhões. 

“Essas instituições financeiras têm sido absurdamente irresponsável no trato dessas questões.As agências nas cidades de pequeno porte só atendem à população mais pobre. O pequeno comércio está fechando, as prefeituras estão perdendo arrecadação, e a população está mais exposta à violência, tendo que se deslocar para as cidades vizinhas para poder receber dinheiro”, critica o secretário, que também participou da reunião com os representantes dos bancos. 
Fonte: http://www.blogwillamarjunior.com.br/